Início Internacional Jorge Jesus analisa estreia de Lucas Veríssimo

Jorge Jesus analisa estreia de Lucas Veríssimo

158
0

A primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa foi muito equilibrada e algo parada na maioria do tempo. O jogo ficou decidido em apenas dois minutos, com uma grande penalidade convertida por Pizzi, por mão na bola de Smith Rowe, e com um golo de Bukayo Saka, depois de uma grande jogada coletiva dos ingleses.

No final do jogo, Jorge Jesus analisou a estreia de Lucas Veríssimo, defesa-central brasileiro, que o “obrigou” a alterar o sistema tático da equipa, estreando os três centrais: “É o primeiro jogo que ele faz, é um grande jogador. Eu já sabia que ele não estava pronto e se jogássemos com uma estrutura de dois defesas centrais teria mais dificuldade ainda”.

“Tem uma boa saída de bola, é forte no duelo individual e demonstrou que é um jogador de qualidade, frente ao Arsenal. Não estava numa condição física boa. Chegou há duas semanas. Perdeu competitividade por estar tantas semanas sem jogar. Os últimos minutos foram feitos com grande dificuldade física. Foi por isso que ele saiu. Deixo para vocês [jornalistas] analisarem o rendimento. Para mim não foi surpresa nenhuma”.

Jorge Jesus foi questionado sobre a possibilidade de manter o esquema de três defesas-centrais na segunda-mão, diante do Arsenal. Jorge Jesus foi taxativo: “Não sou apologista, aliás tenho uma forma de olhar para o futebol de agora. O futebol moderno e o futebol futuro será exatamente isto. Hoje jogas com três centrais, amanhã só com dois, hoje jogas em 4-3-3, amanhã jogas em 5-4-1”.

“Isso será o futuro do futebol mundial. Essa questão não se coloca. Em termos defensivos, há várias maneiras de defender com três defesas no corredor central. Umas vezes defendes com três, outras com cinco. É verdade que, durante o jogo, fomos muito mais vezes obrigados a defender com cinco e soubemos fazê-lo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here